Notícias

Veja como surgiu o futsal feminino brasileiro e conheça suas craques

Parece difícil de acreditar, nos dias de hoje, que o futsal e o futebol já foram atividades proibidas para as mulheres. Esse veto, no entanto, existiu e foi criado no governo do presidente Getúlio Vargas, que proibia às mulheres a prática de esportes como futsal, o futebol, o halterofilismo, o beisebol e as lutas de qualquer natureza.

Nessa época e por muitos anos, a participação das mulheres dentro dos campos e das quadras esteve restrita apenas à torcida. Até que em 1981 – 16 anos após sua criação – o decreto foi revogado.

via GIPHY

Para se ter uma ideia da dificuldade que as mulheres tinham para jogar futebol e futsal, a prática desses esportes por mulheres brasileiras foi oficializada apenas em 1983, pelo Conselho Nacional de Desportos (CND).

O primeiro campeonato feminino oficial organizado pela Confederação Brasileira de Futsal ocorreu em 1992 e contou com a participação de dez equipes indicadas por suas respectivas federações. A partir daí, o esporte começou a se popularizar cada vez mais e atrair mais adeptas, que passaram a contar, a partir de 2003, com uma Seleção Nacional.

Crédito das imagens: Divulgação

Diante de tanto crescimento e popularização da modalidade, meninas de diversas idades e condições sociais têm ganhado espaço para mostrar suas habilidades na quadra e no campo. E o melhor: geralmente, tudo começa com um incentivo na escola, em treinos para competições como a Copa Bubbaloo Jovem Pan.

Seleção Brasileira feminina de futsal - Crédito da imagem: Divulgação

Assim como os homens, as jogadoras de futsal brasileiras têm ganhado o mundo. Segundo uma eleição feita pelo site “Futsal Planet”, quatro jogadoras brasileiras figuram entre as dez melhores do mundo no futsal feminino. Amanda Lyssa, Lucileia Renner, Caroline Da Silva e Tatiane Debiasi são os principais nomes quando o assunto é habilidade nas quadras.

Crédito das imagens: Divulgação

Vanessa Pereira, que já foi chamada de “Marta do futsal”, foi eleita a melhor jogadora do mundo por três vezes pela FIFA, além de ser pentacampeã pela Seleção Brasileira feminina de futsal. Lu Minuzzo e Amandinha são outros motivos de orgulho das mulheres dentro de campo.

Na #CopaBubbalooJP as mulheres têm o poder! Acompanhe nossos jogos, torça pelos 32 times que disputarão a taça e apoie as representantes femininas no futsal!