Notícias

Eleito seis vezes “Bom de Bola” muda de lado e vira treinador de equipe

Imagine disputar um torneio, ser eleito o melhor jogador em seis oportunidades e, depois voltar a essa mesma competição para utilizar toda a sua experiência na orientação de jovens que desejam ter seu talento no futsal reconhecido?

Esse é o desafio – e privilégio – de Ricardo Cassimiro, professor da escola Guilherme Dumont Villares que, neste ano, orientará seus atletas em mais uma edição da Copa Bubbaloo Jovem Pan, velha conhecida dele, que participou do torneio pela primeira vez em 1991 e foi eleito “Bom de Bola” em seis oportunidades.

Assista ao encontro com Wanderley Nogueira na Copa Bubbaloo JP 2015:

Depois de receber das mãos de Wanderley Nogueira uma das camisetas do “Bom de Bola”, Ricardo sabe bem o que fazer para se diferenciar dentro da quadra e, desde 1996, orienta os alunos para que deem o seu melhor dentro de quadra.

“Na minha época de atleta, ter os jogos narrados ao vivo e acompanhar as disputas de possíveis adversários pelo rádio, além de dar entrevista depois do jogo, fazia com que nos sentíssemos muito importantes”, complementa o técnico.

Ricardo também destaca o fato de, agora, o regulamento permitir apenas a participação de estudantes em vez de jogadores de clubes. “Neste ano, o nível é colegial mesmo e, com isso, talentos podem ser descobertos”, destaca.

Será que você consegue bater a marca de seis camisetas “Bom de Bola” do Ricardo? Mire-se no exemplo do técnico do Guilherme Dumont Villares e mostre que você #jogamuito! #CopaBubbalooJP